Comida di Buteco Investe Cada Vez Mais No Suporte Aos Estabelecimentos Para Enfrentar A Crise

Concurso cria o movimento Salve os Butecos!, e quer motivar consumidores, empresas,

veículos de comunicação e mídia. Meta é arrecadar R$ 3 milhões que serão divididos entre os participantes.


Agosto de 2021 - Mantendo-se fiel às suas origens de resgatar os pequenos negócios familiares, o Concurso Comida di Buteco realizará sua 21ª edição, entre os dias 30 de julho a 29 de agosto. Pela primeira vez em mais de duas décadas ele terá um formato híbrido, pois os consumidores poderão provar os petiscos participantes do concurso através do delivery ou buscando nos butecos, no formato “para levar”. O foco desta edição do concurso que escolherá o melhor buteco do país será no delivery, garantindo também a segurança de consumidores e colaboradores.

Com sua missão de “Transformar vidas através da cozinha raiz – Buteco extensão de sua casa”, o concurso tem contribuído com a preservação e evolução dos “butecos”. Em razão do cenário atual motivado pela pandemia, esse propósito ganhou ainda mais relevância diante de sua importância para o setor e por modificar os ganhos socioeconômicos de toda a cadeia e, inclusive, influenciar carreiras já que alguns estabelecimentos já estão sendo administrados pela 4ª geração familiar.

As dificuldades e turbulências da Covid-19 afetaram de forma significativa o segmento de bares e restaurantes, sem dúvidas um dos mais atingidos pelos impactos da pandemia. Foram eles os primeiros a adotar medidas restritivas de funcionamento, condição que ainda deve permanecer por um bom tempo, sendo um duro golpe para os estabelecimentos. Para se ter um exemplo claro, em relação à ultima edição realizada, em 2019, 30% dos butecos participantes do concurso Comida di Buteco tiveram de fechar suas portas, muitos de forma irreversível mas vários, quem sabe, reabram em um momento pós-pandemia.

Pensando em como ajudar os butecos a superarem este momento, foi criado o movimento Salve os Butecos! A ideia é convocar o público a ajudar na manutenção dos negócios prestigiando os butecos via delivery, trazendo não apenas faturamento adicional a eles, mas sua força e pensamento positivo para a recuperação de todos.

“O objetivo do movimento Salve os Butecos! é ajudar a gerar fluxo de caixa para os butecos, de forma que eles possam se reerguer. Todos podem participar: consumidores, empresas e mídia. As doações podem ser em espécie; produtos, no caso de empresas que atendem diretamente os butecos e espaços na mídia para divulgar a campanha. A meta é arrecadar R$ 3 milhões entre julho e agosto e dividir igualmente entre os butecos participantes do concurso. O acompanhamento das doações será através do ‘butecômetro no site comidadibuteco.com.br”, explica Flavia Rocha.


O Comida di Buteco auxilia há 21 anos estas famílias no fortalecimento de diversos estabelecimentos. Está em São Paulo desde 2012 e em 2019 estiveram presentes em 21 cidades de Norte a Sul do País, com 650 butecos participantes. Os votos cresceram 27% entre 2018 e 2019 atingindo 800.000 votos. Em todo o país 480.000 petiscos vendidos, 7.500 empregos diretos gerados, 30 milhões de alcance nas redes sociais e 8 milhões de pessoas impactadas nos butecos.

O Comida di Buteco é 100% viabilizado com investimento de empresas que acreditam na sua causa, como plataforma de desenvolvimento de suas marcas, pois nenhum buteco participante paga nada para participar nem é obrigado a consumir nenhum produto dos patrocinadores. Seus parceiros são o Santander, banco oficial do concurso, Eisenbahn; Heinz; McCain; Reserva 51; M. Dias Branco e Ambev.




1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo