UM JANTAR EM MEIO ÁS CÉDULAS



Inaugurado em 2001, o Sub-Astor, do mesmo grupo do bar Astor, ganhou fama por se localizar no antigo cofre do banco Banespa, no centro histórico de São Paulo.


O bar é uma filial da unidade da Vila Mariana, onde o cardápio é maior e também o ambiente sendo diferente.

Pertence ao grupo ICI, que possui restaurante de comida francesa espalhados pela capital.

Por indicação, fui conhecer no último dia 16 de julho, chegando lá por volta de 16:30, tendo marcado a reserva as 17:00.

Do lado da entrada do bar, o hall de entrada do imponente prédio do Banespa, símbolo e cartão postal da cidade de São Paulo, inaugurado em 1947.

Para acessar, precisa descer uma extensa escada, antiga e circular. Já na entrada, já dá para sentir o clima do local, sendo um pouco escuro e lounge.

Fomos colocado para um dos salões, no caso tem mais mesa e sofás individuais.

É confortável, porém as mesas muito juntas não dava muita privacidade.

Para começar os trabalhos, optei pelo açaí (37,00), um drink composto de açai com vermute.



Não estava bom, sendo o sabor um pouco neutro demais.

As opções de comidas eram poucas, o que me deixou indeciso na hora de escolher o que comer.



Acabei pedindo o Petit Strogronoff (45,00), que estava gostoso e saboroso, e a porção pequena. Básico, mas suficiente.


Para aproveitar mais, acabei pedindo mais um drink, dessa vez sendo o Bijoux Caju (37,00).



Estava docinho é bem refrescante, apesar de não sentir muito a cajuína.

Já satisfeito e com o salão vazio, resolvi pedir a conta, e como estava em dois, acabou ficando no valor de 475,60.


Como avaliação final, um bom lugar para tomar uns drinks e conhecer o cofre, que é justamente o que faz o bar estar cheio, nada mais.


5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo