UM ALMOÇO NAS ALTURAS

Originado de Bruxelas, o Dinner In The Sky proporciona uma experiência única, com uma vista de tirar o fôlego e ter medo de altura.



Já pensou em fazer qualquer refeição á 50 metros de altura, e ainda ter de presente uma bela vista da cidade?


Pois o Dinner In The Sky, pode te proporcionar, porque desde o mês de julho, até o mês de novembro, estará disponível na praça Armando Sales de Oliveira, em frente ao parque Ibirapuera.


A ideia, surgiu na Bélgica a 10 anos e já passou por cidades como Londres, Tóquio e Paris, e nesse ano chega ao Brasil, com ideia de se expandir para outras cidades brasileiras, como Rio de Janeiro e Brasilia.


No último dia 23 de Setembro, o blog foi conhecer a atração. Durante o dia há diversos horários, desde café da manhã até a janta, passando por almoço, e café da tarde.


Fui no almoço, no horário de meio dia, em um dia de semana, quinta feira, a fim de não ter muito movimento e ter uma melhor experiência.



Comprei o ingresso uns dias antes, a fm de conseguir mais opções de lugares, apesar de que só se pode escolher em qual cadeira sentar na entrada, na hora de mostrar o ticket.


Sinceramente não entendi a exigência de se chegar 30 minutos, ja que apesar de ter uma tenda de recepção, com lojas, banheiro e guarda volumes, o foco seria entrar na cabine cozinha, como a maioria fez.


Antes da subida, é sentado na cadeira um por um para que o bombeiro, que fica em baixo, possa colocar os cintos de proteção.


Terminada a missen-pla dos pratos, que são preparados em solo, é hora de subir.




Primeiro, são oferecidos as bebidas, sem a presença de cardápio, ja que antes mesmo de ir, são enviadas mensagens de contato para saber se á alguma restrição alimentar ou preferencia de comida, caso contrario, seguira o menu fechado, idealizado pela chef Lara Carolina.


Antes de iniciar cada refeições, a chef apresenta os pratos que serão servidos




De pratos, primeiro é servido a entrada, que foi cuscuz marroquino com laminas de maçã verde e folhas.



Como prato principal veio um cupim marinado no vinho tinto, com musselina de batatas e chuchney de cebola rocha.


O cupim estava macio e saboroso, junto á cremosidade da mouseline, trazendo um contraponto ao prato. Excelente.



Para finalizar o almoço nas alturas, ou nas estrelas, foi servido a sobremesa, sorbet de creme com creme de nozes e farofa crocante e um toque de molho pesto cm pranile de amêndoas.


Estava divino.



Para descer foi feito um brinde coletivo e uma salda de palmas e agradecimento da equipe, que estava pendurado á uma corda de segurança.



Na descida, foi servido um café como brinde.


O evento é seguro, mas se recomenda subir com pouca coisa, pois não há vidro de proteção pai caso cair algo la de cima como celular e carteira.


Em dias mais frios e ventosos não há subida, portanto depende das condições climáticas.


Como avaliação geral, um bom evento, interessante por ser diferente e sobretudo instagramavel, com comida boa e vista melhor ainda.





21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo