TASTE OF SÃO PAULO : UM EVENTO COM A CARA DA CIDADE

Atualizado: 28 de out. de 2021


Debaixo de muita chuva e lama no gramado do clube hípico de Santo Amaro, o evento tem seu ultimo dia com muita fila e comida boa.




No último dia 24 de outubro, foi realizado pela sexta vez, desde 2016, o Taste of São Paulo, um encontro gastronômico a céu aberto com participações de restaurantes, bares, hamburguerias e outros estabelecimentos do ramo, localizados na capital paulista e promovido pelo Santander Eventos.


Para quem pagou 60 reais em cada ingresso, sendo que esse ano comprei dois, esperava-se o mínimo de organização e respeito com o público.


Já na entrada, uma grande fila sem critério nenhum de divisão, aglomerando, para passar os dados dos ingressos e o comprovante de vacinação da Covid-19, coisas simples e básicas que poderiam fazer igual em aeroporto.


Deixando de lado a parte da organização da entrada, o evento foi uma boa oportunidade para avaliar e conhecer restaurantes novos de cozinhas não muito comuns por aqui, como o Komah, de culinária coreana, que acabei não indo, pois estava muita fila e tinha comido até então 5 pratos, e o Evvai, de cozinha molecular.


Para consumir, precisava-se de comprar fichas num cartão descartável do Santander, onde são colocados créditos para consumo de comida e bebida nas barracas.



Começando os trabalhos no evento, fui na primeira barraca, que foi da Grand Cru, onde optei por um Carinena, chileno, branco, como aperitivo.


Estava refrescante, só que como estava frio e chuvoso acabei não tomando tudo.


Passeando pelo evento, decidi ir no Mocotó, do chef Rodrigo Oliveira, onde optei por um cuscuz de milho, com ovo poche, legumes e coentro (30,00).


Bom, mas um pouco seco demais, longe de ser o cuscuz nordestino ou o paulista, mas aceitável. Deu pro gosto.





Entre um petisco e outro bebi uma cerveja, Baden Baden, tamanho médio, que estava amarga e não dava para beber, uma pena e um desperdiço em um evento desse porte.



Para continuar meu tour brasileiro pelo evento, fui no Jiquitaia, onde pedi um sanduíche de camarão (35,00).


Sabor interessante apesar da aparência de acarajé.



Numa pausa para o drink, fui no espaço do Taqueray, onde pedi o GrapeFruit Collins, um drink italiano, um dos mais famosos da marca.


Uma bela decepção.


Não descia de jeito nenhum, puro gosto de remedio para estômago.








Para finalizar a tarde, pedi um tiramissu tradicional (35,00), do Gero/Fasano, que foi servido com gotas de chocolate, o que atrapalhou um pouco o sabor, estando um pouco salgado.


A média de preço dos pratos e bebidas é de 30,00 á 50,00 reais.


Preço caro, e serviço ruim em algumas das barracas. Uma pena!


No geral, um evento que tinha tudo para ser agradável, mas a falta de organização e a falta de hamburgueria, o que é inadmissível num lugar como esse, se sobressaíram dos poucos quitutes e pratos que estavam bons.






SERVIÇOS:


DATAS DO EVENTO: 15, 16,17, 22, 23 e 24 de Outubro


HORÁRIOS:


Sexta das 17:00 á 00:00


Sábado: 12:00 ás 23:00


Sunset: 18:00 ás 23:00


Domingo: 12:00 ás 20:00


LOCAL: Clube Hipico de Santo Amaro


Rua Visconde de Taunay, 508, Vila Cruzeiro - São Paulo - SP













3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo