top of page

Quase Metade Dos Brasileiros Leva Produtos Orgânicos Para Casa

Pesquisa revela aumento de consumo entre 2021 e 2023 e atenção para itens com selo de certificação. De maçã, arroz e vinho tinto, os vinagres orgânicos estão entre esses produtos demandados, pois se alinham à preocupação do consumidor com a saúde e a sustentabilidade.


Quase metade da população brasileira consome produtos orgânicos. Somente no período de 2021 a 2023, a opção por este tipo de alimento cresceu 16% no País.

Estes e outros dados fazem parte de um levantamento do Instituto Organis, centro de estudos sobre sustentabilidade e alimentação saudável, e refletem o comportamento de um consumidor mais consciente sobre os benefícios de produtos livres de agrotóxico para a saúde e também para o meio ambiente.


Hoje em dia, quase 46% dos brasileiros já adicionam verduras, legumes, frutas e outros itens orgânicos ao carrinho de compras. É o que demonstra a pesquisa “Panorama do Consumo de Orgânicos no Brasil 2023”.


Outro dado surpreendente no levantamento demonstra que de cada dez consumidores quatro estão dispostos a pagar em torno de 20% a mais por alimentos orgânicos, pois consideram que o foco do produtor está na qualidade, e não na quantidade.

Também pesam nesta decisão a preocupação ambiental e as boas práticas, como geração de novos negócios, inclusão social e desenvolvimento econômico com sustentabilidade.


A pesquisa aponta ainda que o reconhecimento dos produtos pelo selo de certificação orgânico é importante para 13% dos consumidores.


“De fato, é uma preocupação que se justifica”, observa Rodrigo Margoni, especialista em vinagres e sócio-proprietário da Almaromi Viccino, empresa que produz vinagre natural de maçã no Brasil.


O selo de certificação orgânico nos diferentes tipos de vinagres da empresa estão alinhados, segundo Margoni, com a tendência de consumo mais consciente e hábitos mais saudáveis da população.

“As certificações atestam boas práticas e excelência no que produzimos e nos estimulam a investir cada vez mais em qualidade, já que os consumidores estão demandando mais esse tipo de produto.

Por isso, procuramos sempre trazer novos produtos para o segmento de vinagres”, destaca.


Além da pesquisa, que reflete a predileção do brasileiro por orgânicos, Rodrigo Margoni observa um crescimento de cerca de 30% no consumo dos vinagres naturais e orgânicos.


“No caso do vinagre, especificamente, que é um ingrediente bastante utilizado por suas características nutricionais e pela versatilidade em diversas receitas, temos um produto especial e de grande durabilidade, que vem ao encontro das necessidades de um consumidor mais consciente.”


Com a produção e a certificação dos produtos orgânicos que coloca no mercado, Rodrigo Margoni constata um alinhamento cada vez maior da empresa às exigências do brasileiro.

“Com o aumento de consumo dos nossos produtos, percebemos que além de qualidade, o consumidor está preocupado com processos corretos e com proteção do meio ambiente. Isso tudo está indo junto para o carrinho de compras”, finaliza o especialista.







4 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page