Inspiração geek e Oriental Ditam O Projeto De Restaurante Com Boardgames em São Paulo

Projetado pela arquiteta especialista em arquitetura de restaurantes Claudia Novaes, o Bodogami une gastronomia com o universo dos jogos e se destaca como point na Liberdade, bairro oriental da capital paulista .



Se reunir com os amigos, jogar, comer e se divertir.

Nos últimos anos, a procura por espaços que unam a gastronomia com o universo lúdico e geek se tornou alta e, agora, muitos bares e restaurantes oferecem um cardápio variado, que vai muito além das comidas - eles abrangem toda uma sorte de board e card games, oferecendo uma experiência divertida para os clientes que ali frequentam.

Diante dessa tendência, a arquiteta Claudia Novaes, especialista em arquitetura gastronômica e à frente do escritório Cn Dois Arquitetura, se viu diante do desafio de reformar os 500 m² desse bar e restaurante, no bairro da Liberdade, em São Paulo.


"O Bodogami nasceu como uma loja online de venda e aluguel de jogos de tabuleiro, mas se atualizou para ser um espaço agradável para que os clientes pudessem jogar durante todo o dia e ainda apreciar a gastronomia oriental", explica a arquiteta.

Assim surgiu a ideia de unir os jogos com uma Yaketeria - um restaurante de espetinhos tradicionais japoneses - e bar, próximo da Praça da Liberdade.


"Como a fachada é tombada, não era possível trabalharmos com uma grande intervenção. Dessa forma, a saída foi apostar em uma pintura branca que nos possibilitou destacar o letreiro. Nossa proposta então foi desenvolver a proposta do Bodogami no salão interno, criando um espaço que fosse agradável e confortável para que os clientes passassem horas jogando", diz Claudia Novaes.


Para desenvolver toda a atmosfera lúdica desejada, remetendo ao universo gamer, a arquiteta empunhou as cores como aliadas.


"Apostamos em uma base sólida e séria, com muita madeira e concreto, e brincamos com pontos de cor na decoração, que em muitos casos é interativa, permitindo que os próprios clientes interfiram no espaço", diz.


O conforto acústico também foi uma máxima para esse projeto, que contou com um forro acústico pintado de preto para atenuar o som das jogatinas.


"Para complementar, uma estrutura de madeira composta por hexágonos, formato muito presente nas peças de jogos de tabuleiro, rebaixa visualmente o pé-direito, conferindo mais aconchego e muita leveza", explica a arquiteta. Essa estrutura também desce para as paredes, podendo abrigar plantas e itens da cultura nerd e geek. "A inspiração veio da união do universo dos games com a cultura japonesa, resultando em um restaurante clean, mas estimulante", complementa.


Com capacidade para 60 pessoas, o Bodogami é dividido em dois pavimentos, com uma cozinha bem equipada e com área para todos os preparos, bar, café e Yakiteria no andar do salão.


"No subsolo, alocamos a área de funcionários, estoque, escritório, câmara frigorífica e pré-preparo de carnes", explica Claudia.


O salão conta com layout versátil e móvel, que preza pela flexibilidade de usos. Um longo sofá azul foi a escolha para trazer leveza e cor ao ambiente, ao passo que as mesas de madeira contam com um tamanho pensado para abrigar muito bem tanto os alimentos, quanto os jogos.


O piso de porcelanato une a praticidade e alto desempenho com a estética convidativa da madeira e, em alguns cantos, foi mesclado com peças hexagonais, fazendo alusão a um tabuleiro.


"Esse mosaico sobe para a bancada e parede do atendimento, formando um desenho instigante", destaca a arquiteta do Cn Dois.


No quesito iluminação, a arquiteta Claudia Novaes vivenciou um desafio extra:


"precisava criar um projeto luminotécnico que atendesse bem às mesas grandes e pequenas, permitindo fácil leitura dos cardápios e regras de jogo, sem fazer muita sombra", diz.


A solução foi desenvolver um projeto luminotécnico composto por diversas luminárias que, no final das contas, propiciou o esperado conforto visual aos clientes do Bodogami.


"O resultado foi um restaurante aconchegante, em que as cores e temática geek aparecem nos detalhes. Tudo muito contemporâneo e pensado para receber bem a todos os clientes", finaliza.


Sobre a Cn Dois Arquitetura:


Fundado em 2013, a arquiteta Claudia Novaes percebeu que o mercado tinha dificuldade em oferecer soluções completas onde o cliente pudesse ter seu projeto gastronômico realizado do início ao fim em um único lugar.

Com uma equipe profissional e que cresceu gradativamente para atender as demandas trazidas a cada novo cliente, o time está em constante evolução e trabalha arduamente para superar as expectativas de cada cliente, sempre aprimorando conhecimento, estudando novas tendências e otimizando os processos para oferecer a melhor solução.









4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo