top of page

GUIA DE RESTAURANTES EM MADRI

Entre os dias 16 e 20 de abril, o blog esteve na capital espanhola, e traz sugestões de restaurantes e bares para conhecer nessa magnifica cidade.



Uma das cidades mais cosmopolita da Europa, Madri é conhecida pelo seus parques e conhecidos museus e praças.


Além dos pontos turísticos e ótimas lojas e entretenimento como esses, há uma vasta variedades de opções de estabelecimentos gastronômicos entre bares, e restaurantes para experimentar de perto a rica culinária ibérica e madrilenha.


Nessa lista, elencamos três opções de restaurantes que valem a pena conhecer, não somente pela relação custo beneficio, mas também porque envolve muita história por trás da época medieval.


1- BOTIN


Não é a toa que esse restaurante esta no topo dessa lista.


Considerado o restaurante mais antigo em funcionamento ininterrupto do mundo, o restaurante Botin entrou no Guiness Book, o livro dos recordes e tem fama pelos seus mais de 300 anos de portas abertas.


O blog foi conhecer essa relíquia gastronômica no último mês de Abril, quando esteve quatro dias em Madri, acabando por descobrir onde fica durante um City tour pelo centro histórico, perto da Plaza Mayor, um dos pontos turísticos da cidade.


Chegamos para almoçar e como esperado estava cheio, principalmente de turistas.


O atendimento pelo menos foi melhor do que até então ja tínhamos reparados e presenciados em outros estabelecimentos pela cidade.


Logo que entrei percebi que o restaurante tem 4 andares, de ambiente bem escuro e rústico, bem como era na época de abertura.


O cardápio é uma das atrações principais, além do forno, que é assado o Leitão, que é servido desde 1725, quando abriu.


Para beber, pedi uma sangria de vinho tinto, que ficava por conta da casa.


Uma das melhores que já tomei, remetendo a uma groselha.


De prato principal, optei pelo camarão grelhado (E24,15) (127,46 Reais).


Muitos saborosos e bem temperados, muito apesar de eu achar um cabelo no meio, o que demonstra falta de higiene no local.


Para completar essa inesquecível experiência, de sobremesas, "postres" em espanhol, escolhi pelo pudim de arroz (E6,20) (R$32,77).


Estava bem macio e saboroso, acompanhado de natas.


Como balanço geral da experiência, um restaurante bem conhecido, que virou praticamente um ponto turístico e faz valer pela sua história e qualidade gastronômica.







2- CHOCOLATERIA SAN GINÉS


Na porta do centro histórico de Madri, a chocolateria San Gines, aberta desde 1850, é famosa por seus churros e doces, servidos com chocolate quente derretido e polvilhado com açúcar.


O estabelecimento ficou famoso por estar perto de um boate e receber muitas celebridades durante seus mais de 200 anos de funcionamento.


Chegando na porta, me deparei com uma grande fila que se forma na porta, tamanho sucesso que se faz entre turistas e madrilenhos.


O serviço é rápido, com o cardápio na parede e os churros já prontos, guardados para servir rápidos e os tanques de chocolate derretido quente, para serem colocados nas vasilhas.


Cheguei e pedi o churros como esperado e logo fui me sentar em uma das varias mesas, apesar de que a grande maioria dos clientes, levam para viagem e comem na rua, que é o mais comum.


O valor do churros com chocolate é de E5,50 (R$28,88).


Diferente do que é servido no Brasil, o churros espanhol é seco e o chocolate a parte, sem recheio e esse que experimentei estava muito bom e não estava gorduroso.


Um dos melhores que já comi.


Na saída, ainda tinha uma outra parte que estavam as fotografias de todas as celebridades que passaram pela chocolateria ao longo dos anos, como preservação da memória histórica do local que achei muito interessante.


Curiosamente fui expulso de lá por estar muito tempo. Coisas de Espanhol.


Como avaliação final, um bom lugar, que ganhou fama por receber famosos, mas que vale a visita pela relação custo beneficio.






3 - MERCADO SAN MIGUEL


Localizado no coração de Madri, o mercado San Miguel é conhecido por suas bancas de tapas e outras especialidades locais, alem de vinhos, destilados, vermout e doces.


O local é lotado, o recomendado é chegar a tarde, pois a noite é impossível andar e apreciar as comidas.


Todos os estabelecimentos tem balcão para sentar e papear, tomando uma taca de vinho ou uma tapas de frutos do mar.


Fui duas vezes, na primeira vez no final da tarde e depois durante a tarde.


Na primeira vez, tomei um vermout e comi um calamares fritos (lula).


Estava bem crocante e sem gordura.


Na segunda vez, comi uma tortilha de batatas em fatias.


Uma delicia, uma das melhores que experimentei.


Como balanço geral, um excelente local para experimentar as delicias da culinária espanhola e com bons produtos de qualidade e com boa relação custo beneficio, ainda que seja de alto padrão.
















































14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page