CURIOSIDADES E ATRAÇÕES COMPÕEM A EDIÇÃO PAULISTANA DO COMIDA DI BUTECO 2021

Nomes inusitados, receitas surpreendentes, formato híbrido e

preços que cabem no bolso, marcam a 21ª edição do concurso


Pela 21ª vez, São Paulo é o palco do delicioso concurso responsável por eleger o melhor buteco e os petiscos mais saborosos.


O Comida di Buteco está de volta - até 29 de agosto - modificado, mas com a mesma energia positiva e, como acontece em todos os anos, apresenta inúmeras atrações para os fãs do principal concurso do setor no país.


São curiosidades que dão ainda mais charme ao evento e tornam a participação ainda mais interessante.


Para contextualizar, o desafio de 2021 é misturar as diferentes raízes no desenvolvimento das receitas e o resultado não poderia ser outro, receitas deliciosas e nomes dos petiscos divertidos e diferentes por apenas R$ 27,00.


E se eu te falar que “Deu cupim na mesa du buteco”?


Calma!


Este é apenas o nome inusitado escolhido este ano pelo “Buteco da Vila”, na zona leste.


O Harumaki (rolinho primavera) recheado de Cupim desfiado com cream cheese, cenoura e alho-poró salteados na manteiga, servido com 3 molhos: barbecue de beterraba defumada, geleia de laranja com gengibre e pimenta dedo de moça e maionese de alho-poró com limão.


A criação é uma homenagem a principal mesa da casa, a mesa 10, que depois de pegar cupim foi restaurada por clientes e amigos e voltou para o seu lugar de raiz.


No "Comida di Rei", na zona sul, o petisco participante é “Rei também chora”.


O nome é uma alusão a cebola recheada com abóbora e carne seca assada na brasa.


O carro-chefe do “Point dos Caldos”, na zona oeste, é o petisco escolhido para o concurso deste ano.


Elaborado com peito de frango e creme de mandioca natural, são servidos em quengas (potes de origem nordestina).


Na hora de servir adiciona ovos de codornas, torresminho de bacon e salsinha.


O nome divertido é “Caldinho de Quengas”.


Se estiver no centro pode dar uma passadinha no “Picanharia Mercadão”.


O negócio, criado pelo empresário Rodrigo Bolton e sua mulher, a chef Lu Ferreira, tem um cardápio com diferentes pratos à base de picanha.


O petisco concorrente é o “Tapas de Cuadril”, uma brincadeira com a raiz espanhola do proprietário e o nome da casa.


Composto de picanha desfiada temperada com raízes de açafrão, filetes de jamón serrano e raízes de sabor agridoce, acompanha creme de batata gratinada e pãezinhos.


Vale a pena experimentar.


Outro fato curioso tem petisco que foi criado até para atender desejo de grávida.


O “Bar do Berinjela” é um ambiente completamente familiar.


A terceira geração familiar já está na administração e a quarta acabou de nascer.


Este ano o petisco concorrente nasceu da vontade de uma gravidinha que deu nome ao petisco “Desejo da Li”, um delicioso bolinho de carne com inhame recheado com ovo de codorna e parmesão.


Uma receita de família que agora todos podem provar.


Como se vê, opções e delícias não faltam nesta edição do Comida di Buteco.


Portanto, prepare-se para conhecer, saborear e depois votar em seu petisco preferido.


Divirta-se e Bom apetite!










5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo